IEMA recebe terreno para construção de unidade plena em Bom Jesus das Selvas

Doação de terreno da Prefeitura de Bom Jesus da Selva para construção de unidade do IEMA. (Bento Leite)

Doação de terreno da Prefeitura de Bom Jesus da Selva para construção de unidade do IEMA. (Bento Leite)

O Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) recebeu na última terça-feira (9) a doação de um terreno para a construção de uma unidade plena do Instituto na cidade de Bom Jesus das Selvas. A escritura pública de doação do terreno foi entregue ao reitor do IEMA, Jhonatan Almada, pelo prefeito do município, Fernando Coelho, durante reunião realizada na sede da reitoria, em São Luís.

A doação do terreno é necessária para que o Governo do Maranhão inicie o processo licitatório de execução da obra. Ao receber a escritura, Jhonatan Almada destacou que a implantação do IEMA é parte do grande investimento da gestão em infraestrutura para melhoria da educação no estado.

“Ficamos muito felizes com o interesse de Bom Jesus das Selvas em realizar a doação do terreno para construção de uma unidade plena no município. Tenho certeza que será uma grande conquista de todo povo da cidade, e a juventude passará por uma grande transformação com a chegada do IEMA. Agradeço imensamente a toda a equipe da prefeitura que teve a iniciativa”, disse o reitor.

Doação de terreno da Prefeitura de Bom Jesus da Selva para construção de unidade do IEMA. (Bento Leite)

Doação de terreno da Prefeitura de Bom Jesus da Selva para construção de unidade do IEMA. (Bento Leite)

O prefeito de Bom Jesus das Selvas, Fernando Coelho, disse que a implantação da unidade no município está sendo muito esperada pelos moradores da região, sobretudo pelos estudantes. “Sabemos que todas as pessoas que se capacitam têm melhores oportunidades e isso se reflete no desempenho desses jovens, que irão contribuir na política e na mão de obra local, colaborando na transformação das pessoas e do município”.

A área doada corresponde a 100 por 60 metros quadrados de extensão e vai abrigar as instalações do Instituto, que dispõe de um projeto pedagógico próprio, além de estrutura diferenciada com salas climatizadas, ginásio poliesportivo, auditório, laboratório, área de vivência e refeitório. A infraestrutura vai atender a demanda estudantil dos municípios que não dispõem do ensino profissionalizante público. O terreno era de posse do município e fica localizado no bairro JK, próximo ao centro administrativo do governo municipal.

Com a construção do IEMA, o Governo amplia a oferta de educação profissional técnica de nível médio no Maranhão, oferecendo à sociedade infraestrutura, equipamentos e pessoal para o desenvolvimento de cursos técnicos integrados ao ensino médio, respeitando as necessidades locais e as prioridades estratégicas do estado.

Comentários

Comentários