Iema homenageia empresas parceiras do Programa Pra Saber Mais

    O reitor do IEMA, Jhonatan Almada, com homenageados do evento. (Foto: Ricardo Otávio)

O reitor do IEMA, Jhonatan Almada, com homenageados do evento. (Foto: Ricardo Otávio)

Empresas parceiras do Programa Pra Saber Mais foram homenageados por alunos do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) na tarde desta última terça-feira (12), às 15h, no auditório da unidade plena do Instituto em São Luís.

Por meio do Pra Saber Mais, os estudantes são inseridos no cotidiano de empresas e órgãos públicos para entrar em contato com o mercado de trabalho e exercitar as primeiras práticas profissionais.

Representantes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Class Eventos, Espaço Gaya e das startups Workeduc e Ommnizy foram os homenageados.

Na ocasião, também estiveram presentes o reitor do IEMA, Jhonatan Almada, e o pró-reitor de ensino do Instituto, Elinaldo Silva.

“Nós executamos este projeto-piloto com muito zelo, muita responsabilidade, uma equipe que acompanhou e orientou os estudantes durante todo o processo”, afirmou Jhonatan durante a cerimônia.

“O IEMA está conquistando a excelência pelo trabalho acumulado ao longo do tempo em ações pioneiras como este programa de vivência profissional”, disse o reitor, acrescentando que o programa será estendido para as demais unidades plenas do Instituto.

Durante o evento, alunos que participaram do Pra Saber Mais durante as férias receberam certificados e as empresas presentes assinaram documentos firmando parceria com o IEMA. Também houve apresentação de um vídeo institucional sobre o programa.

Desenvolvimento profissional

Para pró-reitor de ensino do IEMA, Elinaldo Silva, o programa ajuda no desenvolvimento pessoal e profissional dos alunos. “Acreditamos que esta imersão nas empresas irá proporcionar aos jovens uma vivência em sua futura área de atuação”, disse.

“Por meio do programa, os alunos conhecem a rotina, planejamento, as funções da empresa onde eles irão trabalhar ao término do curso. Diante disso, serão pessoas e profissionais mais preparados para o mercado de trabalho”, ressaltou.

Benefício mútuo

Para o chefe de tecnologia da startup Omnizy, Valdioleno Santos, o programa beneficia alunos e empresa: “É uma grande satisfação a parceria firmada com o IEMA, é uma excelente iniciativa do Governo do Estado inserir os alunos nas empresas para esta vivência”.

“Como startup de cunho tecnológico que está começando agora, é uma experiência significativa. Os estudantes irão conhecer as tecnologias nascentes que estarão no mercado futuro e não mais as tradicionais, o que é um diferencial para eles e para a empresa”, completou o empresário.

Troca de experiências

Estudante do curso de Eventos, Gabriele Souza contou que o programa foi uma vivência inesquecível, pois além de ter adquirido muitos conhecimentos, houve troca de experiências.

“Para uma empresa, receber jovens inexperientes é um grande desafio. Para nós também foi desafiador entender o funcionamento da empresa. Porém, aprendemos muito e também passamos conhecimento da teoria que temos em sala de aula”, disse.

Comentários

Comentários