IEMA comemora Dia Internacional das Meninas com alunas ocupando espaços de gestão

Com objetivo de estimular o empoderamento feminino e torná-lo cada vez mais presente no ambiente escolar, as alunas das unidades plenas do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) participaram de um concurso interno de redação com o tema “Mulheres na Ciência”, oportunizando acesso ao cargo de gestora e reitora do Instituto por um dia.

O anúncio das redações vencedoras foi realizado pelo reitor do IEMA, Jhonatan Almada, através de suas redes sociais, na manhã desta terça-feira (9). A aluna Nathalya do Rosário Alves, de 15 anos, da unidade plena Itaqui-Bacanga, foi a grande vencedora. A sua redação teve como tema: “Lugar de mulher é onde ela quiser: inclusive na ciência”.

A estudante será reitora por um dia na próxima quinta-feira (11), momento em que é comemorado o Dia Internacional das Meninas. Na ocasião, a aluna terá a oportunidade de exercer o mais alto cargo do Instituto, realizar reuniões, tarefas e conhecer toda a agenda do reitor do IEMA.

“Hoje em dia vivemos em uma sociedade que, apesar de termos evoluído em muitas questões, é machista e podemos observar isso quando nos deparamos com as desigualdades profissionais e pessoais. Na minha redação, conto que essa diferença vem desde a infância da mulher, e apresento no decorrer do meu texto que o lugar da mulher é onde ela quiser na ciência, política, nas ruas e empresas”, frisou Nathalya, acrescentando que ser reitora por um dia é algo importante para a igualdade do gênero.

“É uma evolução gigantesca. É um diferencial muito grande que o IEMA vem trazendo com essa iniciativa. Não é comum olharmos na sociedade mulheres em cargos de gestão. O IEMA está confrontando o mundo, uma escola onde os jovens têm suas próprias ideias, são protagonistas da sua própria vida, é difícil imaginar como uma menina através das suas convicções consegue ser reitora. O IEMA é um exemplo a ser seguido pela sociedade”, acrescentou a estudante.

Em 2017, a gestora por um dia foi Franciele Lima, da unidade plena de Bacabeira. De acordo com o reitor do IEMA, Jhonatan Almada, a ação incentiva uma visão do poder feminino nas ciências.

“É o segundo ano consecutivo que o IEMA comemora essa data, que foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), especialmente atenta à questão da vulnerabilidade das meninas em nossa sociedade, como a gravidez na adolescência e o casamento infantil. Para prevenir esses problemas e estimular as meninas a ocuparem espaços de poder e seguirem carreiras científicas, o IEMA criou o concurso de redação que este ano teve como tema ‘Mulheres nas ciências’, considerando que ainda existe um significativo déficit de participação feminina em carreira científica e na produção do conhecimento”, destacou o reitor Jhonatan Almada.

Além de Nathalya do Rosário Alves, o concurso classificou as seguintes estudantes para o cargo de gestora por um dia: Kecy Emanuelle Pereira, que será gestora por um dia da unidade plena de Coroatá; Jhully Cristhina Sampaio, que assumirá o cargo de gestora da unidade plena de Bacabeira. Em Pindaré-Mirim a gestora por um dia será a estudante Elaine Sousa Benicio; Timon terá a aluna Amanda Cauane Fonseca dirigindo o ambiente escolar; em São José de Ribamar, a gestora por um dia será Beatriz Lisboa; a unidade plena de Axixá terá como gestora a estudante Maria Manoele Cardoso; em Brejo, Rayanara de Sousa; na unidade plena de Presidente Dutra, Jordania Monteiro; em Cururupu, Táyla Regina Gomes; a gestora por um dia da unidade plena de São Luís será Mayrla Fernanda Alves; em Matões, Ayla Kéviny Trindade. A unidade Itaqui-Bacanga será dirigida pela aluna Lucyellen Ferreira.

Comentários

Comentários