Formação do Programa Escola Digna alcançará mais de 11 mil professores das redes municipais

Formação do Programa Escola Digna alcançará mais de 11 mil professores das redes municipais. (Foto: Antônio Martins)

Articuladores pedagógicos municipais e regionais participam, até esta quinta-feira (17), do V Encontro Formativo da Assessoria Técnica-Pedagógica do Escola Digna – Eixo Educação Infantil, promovido pelo Governo do Estado, no Centro Pedagógico Paulo Freire, em São Luís. O objetivo é que atuem como formadores para 11.033 professores das redes municipais de ensino.

Nesse quinto ciclo formativo estão envolvidos 123 municípios maranhenses, com 244 técnicos das Secretarias Municipais de Educação, que atuarão como formadores dos gestores escolares, coordenadores pedagógicos e professores da Educação Infantil.

O V Encontro Formativo é uma ação do Escola Digna, no âmbito do regime de colaboração, por meio da assessoria técnico-pedagógica aos municípios atendidos pelo programa, para que crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos possam ter, nas escolas maranhenses, o direito à aprendizagem de qualidade.

Até o mês de fevereiro, já foram realizados quatro encontros estaduais e sete municipais com os focos em Gestão Escolar e Avaliação da Aprendizagem e executadas 140 horas de formação, atendendo a 8.809 profissionais (gestores escolares, coordenadores pedagógicos e técnicos de apoio às secretarias municipais de ensino) e distribuídos mais de 16 mil Cadernos de Orientação Pedagógica.

“Nessa etapa estamos reunindo mais de 250 profissionais que vão replicar essa formação em suas comunidades, e esse já era um encontro muito esperado porque o Escola Digna também promove a formação continuada dentro dos municípios. Então, além das escolas, o governador Flávio Dino também leva a qualidade da educação para que as aulas sejam adequadas, para que o ensino aprendizagem de fato aconteça nos municípios”, explica Nádya Dutra, secretária Adjunta de Ensino da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Secretário Felipe Camarão ressalta ações de colaboração com os municípios. (Foto: Antônio Martins)

Saiba mais:

Em seu discurso, durante a abertura do V Encontro Formativo, o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, relembrou que o Programa Escola Digna é a macropolítica educacional do Governo do Maranhão e que o atendimento da rede estadual é, prioritariamente, o Ensino Médio. Entretanto, o Governo do Estado também apoia as redes municipais.

“Estamos realizando as formações continuadas também voltadas para o Ensino Fundamental e, hoje, especificamente, nesse quinto ciclo formativo do programa, estamos fazendo a formação para a educação infantil, voltada à primeira infância, que é um dos focos do governador Flávio Dino. O objetivo é semear, desde os primeiros passos na vida educacional, para formar cidadãos e cidadãs conscientes e possibilitar que todos os estudantes recebam maranhenses uma educação cada vez melhor em nosso estado”, destacou Felipe Camarão.

Orientação pedagógica

A Seduc entregou, na segunda-feira (14), certificados aos participantes da formação em Gestão Escolar, e os Cadernos de Orientação Pedagógica – Eixo Educação Infantil às secretarias municipais.

Para a professora Maria Jose Silva Cruz, de Tuntum, a formação em Gestão Escolar, realizada com gestores e coordenadores, tem sido um grande apoio para o município, e o Escola Digna veio para trazer uma melhoria na qualidade do trabalho pedagógico, não só no aspecto físico das escolas, mas na formação de coordenadores e diretores.

“Essa formação em Educação Infantil é um momento muito importante, porque vai trabalhar com o professor propriamente, e é ele quem lida diretamente com o aluno, com a criança. Então, acredito que o professor tem muito a ganhar, pois vai melhorar suas práticas pedagógicas e trabalhar de forma que o aluno aprenda ainda mais”, afirmou.

Já para o professor e articulador pedagógico regional de Pedreiras, Nazeldo Pereira Cruz, o Programa Escola Digna é a materialização do regime de colaboração, e essa ação, um espaço para que haja integração entre as políticas públicas estaduais e municipais, para a criação de um sistema nacional de educação articulado.

“Enquanto educadores, ainda não tínhamos isso efetivamente acontecendo, e com o Escola Digna estamos vivendo esse momento agora. É uma oportunidade para que se possa fazer uma consolidação dessa ação de elevar a qualidade da educação no estado do Maranhão”, concluiu Nazeldo Cruz.

Gestores municipais são certificados pelo Governo do Estado. (Foto: Antônio Martins)

Comentários

Comentários