Curso de Medicina da UemaSul terá foco na formação humanizada

Michele de Oliveira, diretora do curso de Medicina da UemaSul, destaca a formação que será dada ao profissional (Foto: Divulgação)

O novo curso de Medicina da UemaSul vai formar médicos com um olhar e um comportamento mais humanizado. A ideia é que os profissionais estejam voltados para toda a comunidade, e não apenas para a doença, de acordo com a diretora do curso, Michele Moreira Martins de Oliveira.

O curso será em Imperatriz e vai começar a funcionar no segundo semestre de 2020. Ele vem atender duas grandes necessidades: a de formar mais médicos e a de oferecer ensino superior gratuito de ponta na Região Tocantina.

O vestibular será neste ano e promete ser um dos mais concorridos. Na entrevista abaixo, a diretora do curso, Michele de Oliveira, fala um pouco sobre a iniciativa:

Como será o curso?

O curso tem uma metodologia inovadora, diferenciada, com proposta de formação de médicos mais humanizados, que tenham um olhar voltado para a saúde do indivíduo, mas também da comunidade em que está inserido.

É uma visão mais completa?

É um médico que vai ter uma visão holística do paciente, que não vai se preocupar só com a doença, mas sim com o doente, com o paciente e a comunidade em que ele está inserido.

Quando começam as inscrições?

O edital do vestibular foi lançado na última segunda feira (8). As inscrições começam 15 de julho e vão até 9 de agosto, com 40 vagas para entrada no segundo semestre de 2020.

E a distribuição das vagas?

Das 40 vagas, 34 são de ampla concorrência, quatro são para afrodescendentes e indígenas, e duas vagas são para pessoas com deficiência.

Comentários

Comentários