Semana Estadual de Direitos Humanos promove sessão de cinema nas escolas

O Governo do Estado está promovendo ações diversas para sensibilizar a população maranhense sobre a importância da garantia e acesso aos direitos humanos, por meio da Semana Estadual de Direitos Humanos, iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop). Integrando a programação, serão realizadas sessões de cinema, entre os dias 4 e 6 de dezembro, em quatro escolas estaduais de Ensino Médio São Luís pelo projeto Cine Educação e Direitos Humanos.

Desenvolvido pela Sedihpop em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, o projeto tem como objetivo favorecer e fortalecer a inclusão da educação em direitos humanos na escola, utilizando o cinema como instrumento complementar do trabalho pedagógico. Desde 2015, 31 escolas de 20 municípios receberam o projeto, com cerca de 1.700 expectadores. As temáticas abordadas nos filmes são exploradas em rodas de conversas ou atividades que levam os estudantes a refletiram sobre os direitos humanos na atualidade.

“O projeto tem se ampliado nos últimos dois anos com o objetivo de promover a sensibilização para educação em direitos humanos e estimular as escolas a dar continuidade das ações como parte do currículo e do cotidiano escolar de professores e alunos”, explicou a supervisora de educação em Direitos Humanos da Sedihpop, Ivana Braga.

Na segunda-feira, 4, serão realizadas duas sessões pela manhã, às 8h30 e às 10h, no Centro Educacional Benedito Leite, no Centro, e duas à tarde, às 13h30 e às 15h, no Centro Educacional Antônio Ribeiro da Silva, na Vila Embratel. Já na terça-feira, 5, a programação acontecerá no Centro Educacional Pillar, na Vila Luizão, no horário das 9h. A mostra encerra na quarta-feira, 6, com exibição dos filmes para os alunos do Centro Educacional Dayse Galvão, na Vila Embratel, no horário das 13h30 e 15h.

A sessão começa com a exibição do vídeo de animação lançado em 2016 pela Plan International durante a campanha Desafio da Igualdade, abordando a conscientização em prol da igualdade de gênero na infância. Em seguida, a exibição de um dos três filmes de curta ou média metragem que estão no roteiro do projeto.

“O diálogo inicia com um debate mais amplo sobre os direitos humanos e depois para a abordagem específica da temática dos filmes exibidos. O projeto instiga bastante reflexão a cada sessão e, ao final, tanto alunos quanto professores saem transformados sobre atitudes e ideologias”, complementou Ivana.

O projeto exibirá os filmes ‘Índios no Poder’ (2015, 21 min), do diretor Rodrigo Arajeju, e que aborda a questão da luta pelo direito dos povos indígenas; as animações ‘Mônica Toy – Futebola, Paixão e Confusão’ (2014, 30 seg), da Maurício de Sousa Produções, e ‘Mônica Toy – Mônica Freestyle’ (2014, 30 seg), de José Márcio Nicolosi, que trata da política de igualdade de gênero e direito das mulheres; o curta ‘Hora do Lanche’ (2015, 14 min), de Claudia Mattos, que fala do direito à alimentação, trabalho e renda.

Programação

As atividades da Semana Estadual de Direitos Humanos continuam até o dia 10 de dezembro. Este ano, a programação propõe a reflexão sobre o conceito de desenvolvimento como questão de direito humano. A Sedihpop está promovendo também a campanha digital #IssoÉDireitosHumanos, por meio de conteúdos sobre respeito, igualdade e promoção de direitos, bastando acessar o grupo no Facebook chamado “10 Dias da Campanha Digital #IssoéDireitosHumanos”, que vai compartilhar conteúdo sobre a ação entre os dias 1 e 10 de dezembro e também no Facebook e instagram Direitos Humanos Maranhão.

A programação completa está disponível no endereço: www.sedihpop.ma.gov.br

Comentários

Comentários