Procon/MA treina bares e restaurantes para a manipulação correta de alimentos

Procon/MA treina bares e restaurantes para a manipulação correta de alimentos. (Foto Divulgação)

Procon/MA treina bares e restaurantes para a manipulação correta de alimentos. (Foto Divulgação)

O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/MA), em parceria com o Instituto de Nutrição e Saúde do Maranhão, está com inscrições abertas até o dia 25 de dezembro para um treinamento sobre a manipulação correta dos alimentos.

O Treinamento de Boas Práticas de Manipulação de Alimentos e Direitos Básicos dos Consumidores é voltado para profissionais de bares, restaurantes, lanchonetes e similares, como cozinheiros, auxiliares de cozinha, garçons, caixas, entre outros.

O curso é gratuito e oferece 200 vagas em turmas de 4h/aula, com direito a certificado de participação. As inscrições podem ser feitas no site: www.procon.ma.gov.br/.

Os cuidados com a manipulação correta dos alimentos são de suma importância para o bem-estar e a saúde. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), só no ano passado 351 mil pessoas morreram por ingestão de alimentos contaminados.

Capacitação

Durante a capacitação, os profissionais terão aula de boas práticas higiênico-sanitárias para serviços de alimentação, prevenção de disseminação de microorganismos e contaminação de alimentos, e sobre noções de legislação sanitária.

O objetivo do curso é contribuir para a execução de atividades cotidianas como a correta manipulação de alimentos, higienização de equipamentos de cozinha, utensílios básicos de produção de alimentos, uma melhor higiene pessoal e no ambiente de trabalho, conservação e armazenamento adequado dos produtos, dentre outros pontos que serão abordados, visando garantir a melhor prestação de serviços e a entrega de um produto com mais qualidade ao consumidor.

Para o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, esta iniciativa é importante porque mostra a atuação do órgão não só como fiscalizador, mas seu papel educativo, ao orientar e oferecer informações aos fornecedores.

“Nosso papel é não apenas fiscalizar, mas também informar e educar fornecedores e consumidores para assegurar a plena harmonia das relações de consumo no Maranhão. Estamos ofertando gratuitamente este curso que visa garantir a melhoria da capacitação da mão de obra local, assim como a melhoria dos serviços fornecidos ao consumidor maranhense”, explicou.

Comentários

Comentários