São Luís terá cinco novas praças neste semestre

Praça Amendoeiras, no Jardim América, está na etapa de colocação do piso (Foto: Divulgação)

Diversas comunidades de São Luís são beneficiadas, desde o ano passado, pelo conjunto de ações do Governo do Estado, via Agência Executiva Metropolitana (AGEM). Além de projetos que visam melhorias na infraestrutura, os bairros recebem praças e quadras poliesportivas, equipamentos de esporte e lazer que também farão parte da realidade dos moradores do Coroado, Jardim América, Bom Jesus, Quebra Pote e Coquilho.

A Praça Bom Jesus, que será entregue até o final deste mês, tem uma área de 1.013,36m². Está localizada próximo à Igreja Católica Bom Jesus e à 10ª Delegacia de Polícia Civil e possui academia ao ar livre para a prática de esportes, playground, áreas com canteiros e bancos para descanso e leitura, estacionamento e arborização. Inclui novo calçamento e passeio público, delimitação de novos canteiros, estacionamento com área para veículos e motocicletas, além de acessibilidade com piso tátil e rampas. “Tivemos a preocupação de deixar áreas livres para a prática de caminhada e corrida e para o lazer infantil”, explica o presidente da AGEM, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

As praças Mururu, Amendoeiras e Quebra Pote têm entregas previstas para a primeira quinzena de junho. A Praça Mururu ocupa uma área de 951m², localizada entre as ruas Vinte e Sete, Cerro Corá, Mamona e Agostinho Torres, no bairro Coroado. A obra consta de academia de ginástica ao ar livre; áreas verdes; canteiros; novo calçamento e passeio público; estacionamento com área para veículos e motocicletas e bancos. “Estamos na fase de colocação de pisos cimentado e intertravado”, pontua Lívio Corrêa.

A Amendoeiras, no Jardim América, é um projeto de revitalização. A Praça já existia, mas era utilizada como a Feira Livre do bairro. Assim como a Mururu, está em etapa de colocação de pisos cimentado e intertravado. Depois de concluída, a comunidade poderá contar com equipamentos de playground, academia ao ar livre, mesa de jogos, bancos de concreto, estacionamento, áreas verdes e rampas de acessibilidade. Ao todo, o projeto engloba uma área de 1.706,96 m².

Além da área urbana

O Governo do Estado definiu obras para comunidades das zonas rurais I e II de São Luís. “Nestes casos, o governador Flávio Dino entende as especificidades locais, por se tratarem de regiões onde há menor disponibilidade de equipamentos públicos de esporte e lazer”, ressalta Lívio Corrêa.

Dois projetos já foram entregues nestes bairros, um na Vila Esperança e outro na Vila Magril, ambos no final do ano passado. Agora, mais dois estão sendo executados, as praças Quebra Pote e Coquilho.

A Praça Quebra Pote está em fase de ajustes, no piso e no palco, para posterior instalação dos equipamentos da academia ao ar livre. Terá calçamento e passeio público, área verde – preservando árvores do local -, estacionamento e acessibilidade por rampas. No total, o projeto abrange uma área construída de 3.240,48 m2.

A Praça Coquilho será inaugurada na segunda quinzena de junho. Está sendo construída em um espaço ao lado do anexo do Centro de Ensino São Cristóvão (que está sendo completamente reformado pela Secretaria de Estado da Educação). Possui uma área de 2.494,74m² e contará com quadra, playground, academia de saúde, mesa de jogos, calçamento com meio-fio, estacionamento e área verde. “O projeto foi concebido para dar utilidade a uma área que, até então, estava abandonada”, revelou Lívio Corrêa.

O presidente da AGEM explica que, assim como os demais projetos, o da Praça Coquilho foi elaborado a partir de reuniões com os moradores. “Além da análise do espaço, é de fundamental importância que a população seja ouvida, pois o resultado final deve estar de acordo com os anseios da comunidade”.

Comentários

Comentários