“O Governo nos incentivou”, dizem produtores sobre bons resultados do agronegócio no Maranhão

José Antonio Gorgen, Paulo Roberto Kreling, Idone Luiz Grolli, Flávio Dino e Erik Augusto na Agrobalsas. (Foto: Handson Chagas)

Com novos recordes de produção de grãos previstos para 2018 e índices de crescimento que alavancaram a geração de riquezas para o Maranhão, o agronegócio vive momentos positivos e, de acordo com produtores e representantes de associações de classe presentes na 16ª edição da Agrobalsas, as ações do Governo do Maranhão foram fundamentais para os resultados.

Além da logística, o incentivo tributário e a segurança jurídica oferecidas foram os pontos que fizeram a diferença para o Maranhão, de acordo com Daniel Grolli, secretário de Desenvolvimento Econômico de Balsas.

“O agronegócio necessita da infraestrutura, das estradas, de aeroporto, de condições de trafegabilidade para a colheita e transporte da produção e, nas ações tributárias, o Governo conseguiu reduzir de 12% para 2% o valor do ICMS, o que incentivou o produtor a ter maior margem de lucro”, disse.

“Tivemos também maior segurança jurídica, com uma legislação ambiental clara, que possibilitou a realização de investimentos”, completou.

Paulo Roberto Kreling, presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Corredor de Exportação Norte (FAPCEN) e organizador da Agrobalsas, também reconheceu as políticas do Governo do Maranhão para expansão do agronegócio na região.

“A vocação agrícola da nossa reunião é muito grande e essa parceria que a gente tem com o Governo do Estado é fundamental para produzirmos cada vez mais e para que possamos contribuir com grande parte dos impostos e tenhamos uma condição melhor de desenvolvimento de todo o Estado”, disse Kreling.

Bons resultados

Os grandes produtores de grãos continuam otimistas. A safra de 2018 deverá atingir um novo recorde, maior que o ano anterior em 838,3 mil toneladas. É o que aponta a Nota de Agricultura Maranhense, publicada na segunda-feira (14) pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc).

“2018 é o ano para ficar na história, tivemos um recorde de produtividade da história e o Agrobalsas nesse ano vem buscar novas oportunidades para 2019 e começa a enxergar o que a tecnologia vem somar, para que consigamos aumentar a produtividade sem precisar desmatar, sem aumentar áreas de cultivo”, afirmou José Antônio Gorgen, proprietário do Grupo Risa.

Ele também comentou como a diminuição da carga tributária aumenta as possibilidades de negócios na região: “Nós tínhamos uma carga de impostos muito pesada e isso [a redução] ajudou demais a relação do agricultor com o mercado interno, que era muito penalizada. Agora, com a boa relação com o mercado interno e externo, queremos a agroindústria, para que esse grão fique aqui e se transforme em produto para a produção de frangos, suíno gerando mais riqueza na região”, completou.

Agrobalsas

A 16ª edição do Agrobalsas é um evento anual que reúne produtores e empresas do agronegócio na busca por conhecimento e novas tecnologias. O governador Flávio Dino acompanhou a abertura do evento, realizado pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Corredor de Exportação Norte (FAPCEN) com o apoio do Governo do Maranhão. O evento é considerado a maior feira do setor de agronegócio do Maranhão e tem como tema deste ano ‘Agricultura sustentável na era digital’.

Comentários

Comentários