Mais de 90% do orçamento do São João de Todos vai para grupos maranhenses

São João de Todos valoriza artistas locais. (Foto: Divulgação)

Os grupos e artistas locais dominam a programação do São João de Todos 2018, que começa oficialmente no próximo dia 15, mas já tem prévias acontecendo desde o início do mês. A edição deste ano segue o que já vem sendo feito desde 2015: valorizar as tradições maranhenses, incentivando tanto os grupos já existentes quanto novos talentos.

Do total de verbas para o pagamento de cachês pelas apresentações, 93% vão para atrações locais. Os outros 7% são para participações especiais de outros Estados, trazendo ainda mais diversidade para a festa.

Esses 93% representam quase R$ 6,7 milhões para o São João de São Luís e Imperatriz. Os festejos vão até o dia 1º de julho.

“Estamos trabalhando firme para fazer o maior São João do Brasil, com mais de 500 atrações maranhenses”, diz o secretário de Cultura e Turismo, Diego Galdino.

As atrações incluem 169 grupos de bumba meu boi (16 zabumba, 34 matraca, 38 baixada, 74 orquestra e 7 costa de Mão), 72 grupos de tambor de crioula, 22 grupos de forró, 120 danças regionais, 10 danças tradicionais, 13 danças boiadeiro, 40 danças portuguesas, 21 grupos de cacuriá, 14 quadrilhas tradicionais, 22 quadrilhas estilizadas, 21 grupos alternativos e 80 shows.

“Reconhecemos e valorizamos a cultura maranhense genuína e ainda alavancamos o turismo e promovemos intercâmbio com culturas diversas. Por isso os eventos realizados pelo Governo do Maranhão vêm sendo grandes sucessos desde 2015”, afirma Galdino.

Prévias

As prévias juninas, que começaram no dia 1º de junho, estão acontecendo no centro histórico, todas as sextas-feiras, a partir das 18h, no Canto da Cultura, localizado no cruzamento das ruas Portugal e da Estrela, na Praia Grande. E aos domingos, o Pré São João também conta com programação especial no Parquinho da Litorânea.

Neste fim de semana, dias 8 e 10 de junho, a programação terá como atração principal o Boi Barrica no canto da cultura, e no Parquinho da Litorânea quem faz a festa do público é a Cia Encantar, com suas músicas e coreografias que retratam a riqueza e diversidade da cultura popular maranhense.

Comentários

Comentários