Exposição sobre bumba meu boi costa de mão será aberta nesta sexta-feira (15)

(Foto: Divulgação)

Neste ano, o São João de Todos homenageia o bumba meu boi costa de mão, como parte das ações de proteção e salvaguarda a esse sotaque, e o Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho (CCPDVF), espaço ligado à Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), abre a exposição Sotaque costa de mão em dia de FÉsta, na tarde desta sexta-feira (15), na Galeria Zelinda Lima, na Rua do Giz, 221, Praia Grande.

A exposição, que segue até o dia 4 de agosto, tem como objetivo a valorização e o reconhecimento desse sotaque, que tem um estilo único conhecido pela batida do pandeiro, feita com as costas das mãos, e um ritmo cadenciado marcado por instrumentos de percussão.

A mostra conta com indumentárias, instrumentos e outras peças características dos brincantes. O material foi cedido pelos grupos Boi Brilho de Areia Branca, Boi Brilho da Sociedade e do Boi Sociedade de Cururupu.

A abertura da exposição Sotaque costa de mão em dia de FÉsta será marcada pela apresentação do Boi sotaque costa de mão Soledade, de Serrano, e pela roda de conversa ‘Identificação de grupos de bumba meu boi sotaque costa de mão em atividade, e diagnóstico sobre condições atuais’, que acontece a partir das l5h, no auditório Rosa Mochel, nas dependências do CCPDVF.

Durante a roda de conversa estarão presentes a pesquisadora da Universidade Federal do Maranhão, Mestra em Cultura e Sociedade, Juliana Nogueira, a Cientista Social do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Izaurina Nunes, e representantes do bumba meu boi sotaque costa de mão.

Sotaque

Os grupos praticantes do sotaque costa de mão são originários de grupos dos municípios de Cururupu, Serrano do Maranhão, Bacuri e São Luís. A indumentária é caracterizada pela riqueza dos bordados em calças, casacos e chapéus. Na cultura popular maranhense, o sotaque costa de mão junto com o sotaque de zabumba representam a identidade do povo negro dentro do bumba meu boi.

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira (Dia 15)
Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho
Rua do Giz, 221, Praia Grande.

15h – Roda de Conversa Identificação de grupos de bumba-meu-boi sotaque Costa-de-mão em atividade, e diagnóstico sobre condições atuais
Auditório Rosa Mochel

17h – Abertura da Exposição Sotaque Costa de Mão em Dia de FÉsta
Galeria Zelinda Lima

17h30 – Apresentação Cultural do Boi de Soledade
Pátio Valdelino Cécio

Comentários

Comentários