Estrada do Arroz se torna exemplo de sucesso do Programa Mais Asfalto

Estrada do Arroz foi totalmente pavimentada e sinalizada. (Foto: Divulgação/Sinfra)

Estrada do Arroz foi totalmente pavimentada e sinalizada. (Foto: Divulgação)

Com o fim do período das chuvas mais intensas, o Programa Mais Asfalto vai ganhar ainda mais agilidade no Maranhão. Há diversas frentes de atuação em todo o estado. Mas o programa já mudou o cenário e a realidade de muitas vias e rodovias.

Um exemplo é a Rodovia Padre Josimo Tavares (MA-386), mais conhecida como Estrada do Arroz, que permitiu acesso dos moradores a serviços antes muito distantes e incentivou o transporte de cargas, aquecendo a economia da região e gerando emprego e renda.

A entrega da rodovia pelo Governo do Estado há dez meses encerrou 40 anos de espera da população. “Quando eu cheguei na região do Bico do Papagaio, mais ou menos em 1978, já se ouvia falar na Estrada do Arroz. Mas só agora esse sonho se realizou para termos um desenvolvimento melhor”, diz a aposentada Raimunda da Silva.

A Estrada do Arroz diminuiu muito o tempo de trajeto na região. Viagens que antes levavam até um dia podem ser feitas atualmente em duas horas. “Agora, se eu quiser comprar carne de manhã em Imperatriz e levar para o meu povoado para servir no almoço, dá tempo”, diz a lavradora Maria das Graças, moradora de Olho d’Água dos Martins, uma das comunidades rurais beneficiadas pela pavimentação.

A rodovia se tornou uma importante via de escoamento da produção agrícola, ao interligar Imperatriz a Cidelândia e diversos povoados, como destaca o professor Francisco Monteiro, morador do povoado São Miguel: “É uma demanda muito antiga que beneficia toda a Região Tocantina ao trazer mais investimentos”.

A área também passou a ter acesso a serviços essenciais como saúde e segurança, ao permitir a chegada de ambulâncias e viaturas. Agente operacional de um posto de saúde próximo à MA-387, Francisca Feitosa conta como a rodovia melhorou o atendimento aos pacientes. “Agora, os enfermeiros e médicos vêm aqui uma, duas vezes por semana. Antes não vinham com tanta frequência por causa da estrada”.

Investimentos

Construída pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), a Estrada do Arroz recebeu investimentos de R$ 55 milhões para recuperação de 44 km da via e construção de mais 11 km, beneficiando diretamente 35 mil pessoas em 25 comunidades rurais. A reestruturação da rodovia alcançou, ainda, pontes, interligações de pontes, passagens de concreto sobre rios e estradas vicinais.

O secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, destaca também a importância da Rodovia Josimo Tavares para o desenvolvimento da indústria no estado: “A Estrada do Arroz serve como um corredor de integração de Cidelândia ao estado do Pará para escoamento da produção da Suzano Papel e Celulose”.

Clayton Noleto frisa, ainda, a qualidade da obra e os empregos gerados durante sua execução e manutenção. “Fizemos ajustes no projeto para ter um pavimento de maior durabilidade que sirva para esta e outras gerações. Temos um trabalho permanente de manutenção e conservação que, em um momento de crise econômica no Brasil, também é um grande gerador de emprego e renda para a região”, diz.

Ouça:

Comentários

Comentários