Em audiência no bairro Cidade Verde, Governo debate transporte semiurbano e infraestrutura

Presidente da MOB, Lawrence Melo, entregou um ônibus novo, que vai atender a população do bairro (Foto: Divulgação).

O presidente da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), Lawrence Melo; o secretário de Mobilidade Urbana de Paço do Lumiar, Pádua Nazareno; representantes da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) e da empresa Transpremium participaram, esta semana, de audiência com a população do bairro Cidade Verde e adjacências, localizado em Paço do Lumiar.

A audiência teve como pauta o sistema de transporte semiurbano e a infraestrutura do bairro. Lawrence Melo inspecionou a frota de ônibus que serve a população e observou os problemas de infraestrutura do bairro que está comprometendo a oferta do serviço de transporte na localidade.

Durante a visita, o presidente da MOB entregou um ônibus novo, que vai atender a população do bairro. A MOB se comprometeu em criar uma nova linha, Cidade Verde 2, que, também, atenderá ao bairro, ao lado das já existes: Cidade Verde – Terminal Cohama, Cidade Verde Terminal Cohab, Cidade Verde – Terminal São Cristóvão e Expresso Metropolitano.

“A MOB vem cobrando, de forma continuada, a renovação da frota de todas as empresas que prestam serviço no sistema semiurbano. Hoje, estamos entregando esse ônibus novo e observamos que os outros ônibus que operam nessas linhas estão em excelentes condições. Estamos trabalhando bastante para melhor atender a população maranhense, buscando sempre um serviço de excelência”, disse Lawrence Melo que participou da audiência acompanhado de equipe técnica da agência.

Na infraestrutura, com apoio da Sinfra, a MOB está buscando parceria com a Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio das Secretarias de Mobilidade Urbana e de Infraestrutura, para solucionar os problemas do bairro.

Para Marilís Rabelo, moradora do bairro Cidade Verde, o diálogo foi bem proveitoso e a MOB está de parabéns pela forma que buscou as soluções para os problemas do bairro. “Estamos muito satisfeitos, a MOB propôs um diálogo interessante e resolutivo para as questões que estão afligindo o nosso bairro, de forma que já saímos daqui com respostas concretas para os nossos problemas”, disse.

Comentários

Comentários