Caema promove capacitação em Tratamento de Efluentes

Curso de Tratamento de Efluentes promovido pela Caema

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) realizou, de 11 a 14 deste mês, treinamento com funcionários destinado para atividades como controle, monitoramento e operação de Estações de Tratamento de Efluentes (ETEs). Participaram operadores, analistas, gestores, técnicos e engenheiros ambientais.

O objetivo do treinamento foi aprimorar a qualificação dos colaboradores e a qualidade da atuação das ETEs. Foi ministrado na ETE Vinhais pela especialista em Tratamento de Efluentes e representante da Acquasolution Consultoria Ambiental, Flávia Marques.

De acordo com a especialista, o treinamento teve como foco o aprimoramento do processo de operação das estações e boas práticas com relação ao controle desses sistemas. O conteúdo programático reuniu temáticas diversificadas na área de sistema das ETEs, como fundamentos básicos, parâmetros de controle e monitoramento de processo, gerenciamento operacional, custos, indicadores de qualidade, higiene, saúde e segurança, legislação, paradas, inibição, odores, manutenções e ações emergenciais.

Na solenidade de encerramento do curso, o presidente da Caema, Carlos Rogério Araújo destacou a importância que representa capacitar o quadro funcional. “A capacitação dos empregados visa o aprimoramento de suas habilidades para executar funções específicas, como a técnica de tratamento do esgoto, com resultados positivos para a salubridade ambiental”.

O operador da ETE Vinhais, Sergio Mendonça, disse que treinamentos são necessários para o pessoal da manutenção e, principalmente, para o meio ambiente. “Devemos lembrar que o efluente que entra na estação deve sempre sair com qualidade depois de tratado”, disse o operador.

O coordenador de Tratamento de Esgoto, Afonso Ligório, enfatizou que o conhecimento absorvido no treinamento deve ser aplicado o mais rápido possível nas operações das estações. “Já tive a oportunidade de visitar empresas de referência na área com a professora Flávia em outros cursos e acredito que este tipo de treinamento é indispensável para os funcionários das ETEs, já que estamos recebendo as melhores orientações para aprimorar o nosso trabalho”.

Comentários

Comentários