Artigo do governador: De mãos dadas pelo Maranhão

  • Artigo do governador Flávio Dino

O Brasil vive prolongada estagnação econômica. O conturbado ambiente institucional e a redução de investimentos públicos federais inibem a iniciativa privada. Sem demanda, com o consumo reduzindo, poucos empresários se animam a investir. Por isso, é vital a nossa decisão de manter centenas de obras públicas no Maranhão, buscando também parcerias privadas.

Desde 2015, essa tem sido uma marca de nossa gestão: mais investimentos para levar mais serviços e obras para toda a sociedade. Essas obras geram milhares de empregos, diretos e indiretos, e ativam a economia.

Em um cenário econômico nacional cada vez mais desafiador, a participação empresarial tem se mostrado ainda mais fundamental, por meio das Parcerias Público-Privadas (PPPs). Por isso, nesta semana, transformamos a Empresa Maranhense de Administração de Recursos Humanos e Negócios Públicos (EMARHP) na empresa Maranhão Parcerias (MAPA). A MAPA incorporou nas suas funções a responsabilidade de viabilizar e garantir a implementação do Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas.

O esforço já envidado a favor das PPPs tem sido muito positivo. Estamos em fase final de obras do novo prédio administrativo João Goulart, na Praça Pedro II, que viabilizou a restauração completa do edifício, com impacto positivo na ocupação e dinamização econômica do Centro Histórico, pois teremos 500 funcionários trabalhando na nova estrutura. No Porto do Itaqui, já contamos com R$ 1 bilhão em investimentos privados, implicando a abertura e manutenção de 16 mil empregos diretos e indiretos.

Em continuidade a esse exitoso modelo, lançamos o programa Nosso Centro, contando inclusive com o engajamento da iniciativa privada para a revitalização do patrimônio histórico de São Luís. Nesta semana, assinamos com a Vale a primeira adesão de uma empresa privada ao Programa, com aporte de R$ 15 milhões direcionados para restauração de prédios, além da recuperação da praça João Lisboa e Largo do Carmo e construção de praça nas imediações do Convento das Mercês, estas em razão de parceria com o IPHAN e a prefeitura de São Luís.

Ainda neste mês de julho, após a etapa de consulta pública, abriremos a licitação para a PPP “Internet para Todos”, que levará conexão em fibra ótica para mais de 100 municípios maranhenses, com investimento total de R$ 448 milhões.

Com essas parcerias, temos conseguido manter a economia do Maranhão seguindo em frente. Mesmo com toda a crise nacional. De mãos dadas, estamos conquistando um Maranhão ainda melhor para todos.

Comentários

Comentários