Unidades estaduais de saúde fazem blitz educativa e palestra sobre hanseníase nesta sexta-feira

Janeiro Roxo é dedicado à conscientização e combate à hanseníase. (Foto: Divulgação)

Duas unidades ligadas à Secretaria de Estado da Saúde (SES) em São Luís realizam atividades, nesta sexta-feira (11), em alusão ao Janeiro Roxo, mês dedicado à conscientização e combate à hanseníase. O Hospital Aquiles Lisboa (HAL), referência no tratamento multidisciplinar da hanseníase, realiza às 8h a blitz educativa “Que mancha é essa?”, no Terminal de Integração da Praia Grande. Já o Centro de Saúde Dr. Genésio Rêgo, na Vila Palmeira, faz palestras às 8h30 e 14h.

A programação especial tem como foco o alerta à sociedade e profissionais de saúde sobre os sinais e sintomas da doença e também no incentivo à procura pelos serviços de saúde o mais rápido possível para tratamento.

“O mês todo estamos fazendo ações educativas para sensibilizar não só a população, como também, os profissionais de saúde da importância de ficarem alertas às queixas e manchas nos pacientes atendidos. Este é o grande mês de mais ações, mas trabalhamos o ano inteiro para diminuir cada vez mais o índice de incidência da hanseníase no estado”, afirmou a diretora-geral do Centro de Saúde Genésio Rêgo, Larissa Moraes.

Durante toda a semana, pacientes atendidos no Centro de Saúde Dr. Genésio Rêgo participaram de palestras sobre autocuidado, com orientações na identificação de manchas brancas ou avermelhadas na pele e sobre exames necessários para diagnóstico, tratamentos com medicação, fisioterapia e psicológico com foco na ampla possibilidade de cura.

Os temas foram abordados por profissionais da área de enfermagem, fisioterapia, assistência social, farmácia e psicologia. Na segunda (14) e terça-feira (15), a programação tem continuidade.

O Hospital Aquiles Lisboa (HAL) realizará, na terça-feira (15), uma ação de panfletagem e orientação na Feira do bairro Mauro Fecury, às 8h. No dia seguinte, às 9h, o hospital sedia uma palestra sobre autocuidado. No dia 25, às 14h, o Projeto Cine Comunidade exibirá um curta-metragem sobre hanseníase à comunidade.

Além das ações pontuais, o Programa Estadual de Controle da Hanseníase desenvolve atividades permanentes de monitoramento e supervisão, além de capacitações técnicas.

Doença

A hanseníase é uma doença crônica, transmissível, de notificação compulsória e investigação obrigatória. O agente etiológico, o bacilo Micobacterium leprae, atinge principalmente a pele e os nervos periféricos e tem a capacidade de ocasionar lesões neurais.

O diagnóstico precoce da doença e adesão ao tratamento é a principal estratégia para interromper a cadeia de transmissão, reduzindo o quantitativo de casos. Em 2018, foram notificados 3.079 casos novos – 650 deles em São Luís.

Confira a programação nas unidades:

Centro de Saúde Dr. Genésio Rêgo

Dia 11/01
8h30 – Palestra: Reabilitação e Autocuidado – Fisioterapeuta: Raimundo Sérgio
14h – Palestra: Hanseníase tem Cura – Enfermeira: Ana Débora Reis

Dia 14/01
8h30 – Palestra: Reabilitação e Autocuidado – Fisioterapeuta: Raimundo Sérgio
9h – Palestra Hanseníase Tem Cura- Enfermeira: Andréa Fátima
9h30 – Palestra Hanseníase Tem Cura – Assistente Social: Fernanda Aguiar
13h às 16h – Exame de Contato – Busca ativa realizado pelo Serviço Social
14h – Roda de Conversa: Vamos Juntos Eliminar Hanseníase – Público-alvo: Colaboradores – Terapeuta Ocupacional: Patrícia Luca

Dia 15/01
9h – Blitz de “Olho na sua Pele” /Local: Detran
15h – Blitz de “Olho na sua Pele” /Local: Detran

Hospital Aquiles Lisboa

Dia 11/01
8h – Blitz Que mancha é essa?/ Local: Terminal Praia Grande

Dia 15/01
7h – Panfletagem no bairro Mauro Fecury/ Local: Feira

Dia 16/01
9h – Palestra sobre autocuidado

Dia 25/01
14h – Projeto Cine Comunidade- curta sobre Hanseníase

Comentários

Comentários