Museu Histórico de Alcântara promove oficina de Toque de Caixa

Com a proximidade da festa do Divino em Alcântara, uma das principais celebrações religiosas do país, que este ano acontece entre os dias 29 de maio e 09 de junho, o Museu Histórico da cidade, promoveu na quinta-feira (2), para jovens, a oficina Toque de Caixa. O objetivo foi resgatar a tradição das caixeiras no município.

“Sem batuque não há festa. Como é uma atividade cansativa, muitos não se interessam pelo ofício, a oficina foi pensada justamente para incentivar o aprendizado para manter viva a tradição do toque de caixa”, afirmou a gestora do Museu Histórico de Alcântara, Mônica Duarte.

Entre os festejos que fazem parte da cultura popular do Maranhão, a festa do Divino Espírito Santo se destaca como um dos mais importantes, por sua ampla difusão e pelo impacto que tem sobre a população.

A Festa do Divino é marcada pela presença significativa das mulheres – as caixeiras – que tocam instrumentos musicais denominados caixas do Divino. Além de procissões e missas, o evento tem música, dança, queima de fogos e distribuição de licores e doces de espécie, típico da região. O ponto alto acontece no final de semana do Domingo de Pentecostes.

Comentários

Comentários