Instituição norte-americana visita o Hospital Carlos Macieira

Instituição norte-americana conhece os serviços do Hospital Carlos Macieira (Foto: Divulgação)

O Hospital Carlos Macieira (HCM) recebeu, no sábado (13), a visita de representantes da organização não governamental (ONG) Children’s Heart Link. A instituição norte-americana, que apoia unidades de saúde no mundo que cuidam de crianças com cardiopatia, está selecionando hospitais no Nordeste para formalizar uma parceria.

Para o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, ter um hospital da rede maranhenses de saúde disputando o apoio internacional é o resultado ao trabalho que tem sido feito nestes anos de gestão. “A Children’s Heart Link já financia três grandes hospitais no Brasil, bem como em outros países. Ter o Maranhão na disputa para integrar essa lista é saber que organizações de fora do território nacional estão reconhecendo o nosso compromisso de fazer saúde pública de qualidade e para todos”, declarou.

A comitiva da Children’s Heart Link, formada pela vice-presidente de Estratégia e Advocacia Global, Bistra Zheleva, e pelo diretor nacional Andreas Tsakistos, assistiu a uma apresentação sobre a estrutura e serviços do hospital feita pelo cirurgião cardíaco-pediátrico Vinícius Nina. Dentre eles, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica Cardiológica do HCM, inaugurada no ano passado, pelo Governo do Estado.

O serviço é composto por equipe multidisciplinar com médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas e fonoaudiólogos, atendendo crianças de zero a 14 anos com patologias cardíacas congênitas.

Segundo o diretor Andreas Tsakistos, é elogiável a postura do Governo do Maranhão em dar importância ao tratamento da cardiopatia congênita, uma vez que na unidade foi implantado um serviço dedicado inteiramente a este público em específico.

“Para escolhermos uma unidade parceira, é preciso que este hospital cumpra algumas exigências, tais como: oferecer um programa de tratamento à pacientes cardiopatas, demonstrar compromisso com os serviços cardíacos pediátricos, tornar esse tratamento acessível, ter evidência do governo local, compromisso em sempre avançar com o programa, disponibilizar os dados informativos para que seja feito o acompanhamento”, pontuou Tsakistos.

Diretor da Children’s Heart Link, Andreas Tsakistos mostra trabalho da instituição (Foto: Divulgação)

A Children’s Heart Link, que atua há 50 anos treinando equipes locais para promover a qualidade no tratamento de crianças com cardiopatia, financia três grandes hospitais no Brasil, além de unidades de saúde em outros países, como China, Malásia, Índia e Vietnã.

Na ocasião, os representantes da Children’s Heart Link apresentaram a experiência em parceria já desenvolvida no Hospital da Criança e Maternidade (HCM), de São José do Rio Preto, em São Paulo, onde se observou a melhora das habilidades clínicas, a capacitação da equipe de enfermagem, treinamento e fortalecimento das relações profissionais, redução da mortalidade e casos de infecção hospitalar, desenvolvimento de lideranças e suporte do governo local.

“O objetivo é que a instituição escolhida para ser parceira possa ser vista como um centro de excelência. Isso significa que, além de chegar a este patamar, é também capaz de ser um multiplicador daquilo que faz no ambiente hospitalar, passando a ter um papel de liderança na formação de uma nova mentalidade no atendimento médico”, frisou Andreas Tsakistos.

Comentários

Comentários