Gestores regionais de saúde participam de seminário sobre o programa Cheque Cesta Básica – Gestante

Seminário sobre o programa Cheque Cesta Básica – Gestante (Foto: Márcio Sampaio)

Os gestores que atuam nas 18 Unidades Regionais de Saúde do Maranhão participam, até esta terça-feira (4), no auditório da Secretaria de Estado da Saúde (SES), de seminário sobre o programa Cheque Cesta Básica – Gestante e o cadastro no Sistema Mãe Maranhense.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) programou a apresentação das diretrizes e metas do programa, assim como oficinas, roda de diálogo, entre outras, no seminário. Cerca de 65 profissionais participam do encontro.

A secretária adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Waldeíse Pereira, explica que o encontro amplia o diálogo sobre assistência pré-natal e enfrentamento da mortalidade materna-infantil com gestores de regionais, representantes da Atenção Primária e Educação em Saúde, além de técnicos da área de Sistema de Informação.

“Nosso intuito não é apenas repassar o recurso, mas fazer a captação precoce das gestantes que necessitam de suporte e alcançar a meta estabelecida pelo Governo do Estado que é a redução da mortalidade materna e infantil”, disse.

Para o coordenador das Unidades Regionais de Saúde, Aristeu Marques de Almeida, que o programa Cheque Cesta Básica – Gestante do Governo do Maranhão desempenha um importante papel no estado. “O Maranhão é pioneiro neste tipo de iniciativa, e, portanto, precisamos que todos estejam envolvidos no combate à mortalidade materna e infantil, alinhados e imersos na proposta do programa”, avaliou.

O gestor da Unidade Regional de Saúde de Açailândia, José Lima Neto, destacou os benefícios do programa Cheque Cesta Básica – Gestante. “Teremos gestações mais seguras, bebês saudáveis e respostas rápidas a quaisquer intercorrências que surgirem no caminho”, disse.

Para a técnica do Núcleo de Educação em Saúde da Regional de Imperatriz, Maria da Fonseca, o programa é uma forma de cooperação com a redução da mortalidade materna e infantil. “Nosso objetivo é levar palestras informativas que fortaleçam a saúde em todas as frentes. O programa soma-se a ações da atenção básica em todos os 16 municípios da regional”.

Nesta terça-feira (4), a programação do seminário reuniu os participantes da área de Sistema de Informação e técnicos da Educação em Saúde na capacitação sobre o funcionamento do Sistema Mãe Maranhense, capaz de cadastrar, acompanhar e monitorar gestantes e crianças beneficiárias do programa.

Participaram do encontro a chefe do Departamento de Atenção à Saúde da Mulher SES, Ananda Marques; a chefe do Departamento de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente da SES, Raimunda Formiga e o coordenador do Conecta SUS da SES, João Cunha.

Comentários

Comentários