Feirantes discutem revitalização do Mercado da Macaúba

A revitalização do Mercado da Macaúba, na área central de São Luís, que está sendo realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento (Secid), tem a participação dos feirantes e da comunidade do bairro, que está apresentando sugestão durante o andamento das obras.

Em reunião entre gestores e técnicos da Secid e representante dos feirantes, foram discutidas e traçadas as ações que proporcionam mais conforto e segurança aos comerciantes e usuários do mercado, um dos mais antigos de São Luis.

O secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbana, Rubens Pereira Junior explica que o trabalho é realizado de forma compartilhada, ouvindo a comunidade, conversando com os comerciantes para que o projeto atenda a todos. “É uma determinação do governador Flávio Dino em revitalizar os mercados e feiras da capital. São obras estruturantes e importantes para a população. Vamos dar continuidade, traçar soluções para avançar e garantir condições dignas de trabalho a todos”.

Carlito Almeida Maciel, um dos participantes da reunião e representante dos feirantes, falou que está animado e esperançoso com a estratégia de trabalho adotada pela Secid, lembrando que Rubens Pereira Junior visitou a obra e, depois, chamou os feirantes para conversar. “Esta reforma é aguardada por todos nós, há anos, e ficamos muito felizes ao ver que a obra será finalizada e em breve teremos um lugar mais adequado para trabalhar”, afirmou.

Para o coordenador do projeto, Yata Anderson, além de ser uma importante ação de saúde pública, as obras de revitalização do Mercado da Macaúba estão gerando emprego e geração de renda, sobretudo dos pequenos e médios comerciantes. Participou também da reunião a arquiteta da Secid, Lara Lindoso

Obra

O mercado da Macaúba possui 35 boxes e existe há mais de 50 anos. O projeto de reforma inclui um novo sistema de drenagem, instalações elétricas, telhado, lixeiras e sanitários, bem como a construção e nivelamento de calçadas, paisagismo e estacionamento.

Comentários

Comentários