Equipes do Caps III Bacelar Viana dialogam sobre o amor ao trabalho e cuidados com a saúde mental

Equipes do Caps III participam de Roda de Conversa sobre a importância do amor ao trabalho (Foto: Hilário Neto)

Com o tema “A importância do amor ao trabalho e as implicações do cuidado na saúde mental dos colaboradores”, equipes do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) III Dr. Bacelar Viana participaram, nesta quarta-feira (12), de roda de conversa com a psicóloga e especialista em psicologia hospitalar, Josimary Lima.

A diretora do CAPS III, Ana Gabrielle Guterres Romanhol, destacou o objetivo do encontro. “Na data de hoje especificamente, que é o Dia dos Namorados, nós conversamos sobre a importância do amor no ambiente de trabalho. É possível sim ser feliz e ter satisfação no meio profissional, mas para isso é necessário diálogo, cuidado e, é claro, amor”, disse.

A roda de conversa enfatizou a importância da atenção à saúde mental das equipes. Na ocasião, os profissionais falaram das doenças que afetam os estados físico e mental, como a Síndrome de Burnout. A síndrome está dividida em quatro fases: a do alerta, a resistência, quase exaustão e a exaustão. Dentre as consequências estão o estado de tensão emocional e esgotamento profissional, assim como estafa profunda, afetando assim o processo criativo e demais áreas da vida.

“Os momentos de crise sempre irão existir. Não há dinheiro que compre a satisfação com aquilo que é feito com amor, e no ambiente profissional nós teremos momentos de grande felicidade, mas também de fortes crises. Por isso é necessário investir nas relações interpessoais com vista a fortalecer o companheirismo e a compreensão”, ressaltou a psicóloga Josimary Lima.

Momento de confraternização da Roda de Conversa no Caps III (Foto: Hilário Neto)

Para a enfermeira do CAPS III, Nathalia Figueiredo, o encontro serviu para compartilhar experiências. “Nosso trabalho na unidade é sempre em prol do paciente, mas a roda de conversa veio para nos beneficiar. Este momento com certeza melhorará na nossa interação enquanto equipe, pois quando investimos em nós os pacientes, também, saem ganhando”, comentou.

A assistente social Maria Dionízia da Conceição disse que o trabalho em equipe é a receita para um ambiente profissional amistoso e saudável. “Nós contribuímos para a vida um do outro. Acredito que esse momento foi crucial para continuarmos fazendo esse investimento a fim de não ficarmos sobrecarregados”, destacou.

Atendimento 

O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) III Dr. Bacelar Viana atende pessoas com transtornos mentais graves e persistentes. Proporciona serviços de atenção contínua, com funcionamento 24 horas, incluindo feriados e finais de semana, ofertando retaguarda clínica e acolhimento noturno a outros serviços de saúde mental, inclusive o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD Estadual).

Comentários

Comentários